Bem-Aventurado (1)

Amados, Graça e Paz!

Como é feliz aquele que tem suas transgressões perdoadas e seus pecados apagados! (Sl 32.1)

Muitas pessoas vivem com sua alma agregada ao passado em virtude de algum forte sentimento de culpa. Os sentimentos de culpa são algo complexo e é importante entendê-los, porque têm grande influência no nosso comportamento. Davi escreveu a frase acima após ter-se convencido do pecado com Bate-Seba e tê-lo confessado (Sl 51). Percebe-se nesses dois salmos (32 e 51) que o sentimento de culpa era atormentador a ponto de Davi afirmar que "o meu corpo definhava" (Sl 32.3). O sentimento de culpa e remorso aflige, angustia e tira a felicidade. Uma vida que carrega consigo algo tão pesado e não resolvido, uma pendência que sempre volta à mente, que fincou uma estava no passado que teima não sair, perturbando sossego e acelerando o coração, é infeliz e traumatizada, refletindo isso nas atitudes que toma. A pessoa começa a olhar a vida na ótica de suas dores. A vida perde o brilho.
Um sentimento de culpa pode causar atitudes agressivas, complexo de inferioridade, atitude crítica exacerbada, falso moralismo, amor próprio doentio, dificuldade de relacionamento por excesso de desconfiança, etc. Uma vida assim é infeliz não só para a própria pessoa, mas também, para aquelas com quem se relaciona. A única ajuda para sair desse estado é o entendimento do perdão que Deus dá por meio do sacrifício do seu Filho Jesus Cristo. Perdão do tipo "jamais me lembrarei" (Hb 10.17-18). Esse perdão de Deus propicia ao atormentado pelo sentimento de culpa uma nova dimensão, pois o seu fardo, o peso da consciência e a angústia existencial cedem à gostosa sensação de alívio, de esperança, de novos horizontes.

Assim, o perdão tem estreita relação com uma vida satisfatória e feliz. Portanto, um dos primeiros passos para uma vida feliz, satisfatória e cheia de gozo é confessar a Deus sua culpa, seus pecados, suas faltas e frustrações e pedir-lhe uma nova vida por meio do perdão.

Leia o Salmo 32 hoje!

Shalom,


Estou com Você


Gn 28.15 - "Estou com você e cuidarei de você, aonde quer que vá; e eu o trarei de volta a esta terra. Não o deixarei enquanto não fizer o que lhe prometi"."


Muitas vezes, à semelhança de Jacó, precisamos chegar ao fundo do poço antes de ouvir a voz de Deus e permitir que Ele possa agir em nossa vida. Assim foi que, depois de uma série de enganos, decepções e angústias e erros terríveis que geraram conflitos de toda ordem, Jacó tentou descansar, sentindo um enorme peso na consciência: culpa, pecado e uma imensa saudade. Então, Deus lhe falou: Eu sou o Senhor, Deus de Abraão e Deus de Isaque; a terra em que estás agora deitado, eu darei a ti e à tua descendência (Gn 28.13).

Naquele momento os ouvidos de Jacó estavam tampados para ouvir a voz de Deus e o que Ele queria lhe dizer. Por outro lado, Jacó estava a seu próprio modo procurando obter os favores de Deus, bênçãos que Ele queria dar de forma simples, sem complicações. Neste sentido, Jacó fez um voto, dizendo: "Se Deus estiver comigo, cuidar de mim nesta viagem que estou fazendo, prover-me comida e roupa, e levar-me de volta em segurança à casa de meu pai, então o Senhor será o meu Deus... e, de tudo o que me deres, certamente te darei o dízimo" (Gn 28.20-22)

Naquela ocasião Jacó mostrou toda a sua falta de amadurecimento, as suas limitações no conhecimento deste grande e maravilhoso Deus. O que ele deixa transparecer é que ele queria fazer uma espécie de "negócio" com Deus: "Se... Então" (v. 20-22). Esse tipo de comportamento não está muito longe do que habitualmente fazemos. Será que nós também, muitas vezes não queremos negociar com Deus, fazer uma barganha com Ele? Coisas do tipo: "Deus, se fizeres isso e aquilo pra mim, farei isso e aquilo para/por Ti"?

Deus é Misericordioso! Apesar disso (não por causa disso) Deus, tem infinita misericórdia, perdoa nosso pecado e nos ouve, às vezes até mesmo quando nossas motivações não são corretas, como Sua santidade exige. Deus trabalha com paciência em nossas vidas, acertando, corrigindo, disciplinando, pondo em ordem todas as coisas, como fez com a vida de Jacó.
 
Peça ao Senhor Deus que o ajude a sentir e perceber quando Ele quer dizer alguma coisa para você!
Deixa Deus abençoar a sua vida, corrigindo-o, mudando os teus rumos, te disciplinando, te re-orientando.
Não coloque obstáculos à ação do Senhor!

Tenha um bom dia,
Shalom,

Quem sou eu

Minha foto

Sou natural da cidade de Santa Rita, Paraíba. Casado com Leila Pereira Nunes Cassé, artesã, técnica de saúde dental, técnica de enfermagem e produtora de moda.
Sou pastor auxiliar da Igreja Evangélica Batista de João Pessoa (www.evangelica.org.br), responsável pela coluna de Edificação (Ensino) da Igreja, guardião da Conexão Teen (Ministério de Adolescentes da IEB).
Sou graduado em Ciências Contábeis e Teologia. Pós-Graduado em Gestão Empresarial e de Pessoas e Gestão Pela Qualidade Total.
Professor de Hermenêutica e Homilética do ITEBES - Instituto Teológico Batista de Ensino Superior.
Twitter - @PrCasse